10.24.2011

post longo sobre a adolescência

alguém devia avisar-nos, juro. há uma parte feia na paternidade. há uma parte que não tem a ver com as fraldas e as noites mal dormidas, as doenças dos bebés. há uma parte horrenda, porque a outra vai-se levando.
essa parte chama-se pré adolescência e eu tenho quase a certeza que apanhei com ela em cheio. apanhámos porque o pai também já me confessou que - às vezes, quase sempre - não aguenta.
há gritos e eu resolvi que os gritos não se podem aturar, por isso baixo a voz e não massacro, mas.
tudo o que sou nos momentos que passo com a pré adolescente são como os de um carcereiro - já estudaste, já secaste o cabelo, apanha a roupa, faz os trabalhos, sai do computador, não não podes ir dormir a casa da, vai estudar, não ponhas o cotovelo na mesa, dá-me o telemóvel, logo se vê se vais à festa, sim carrego o passe, sim tens aqui dinheiro para o almoço, não estudaste nada, não te vou comprar outras calças, arruma o quarto, vai tomar banho, já tomaste banho, porque é que não tomaste banho, sim duas horas ao telefone vão-te fazer cancro no cérebro, já não te mandei tomar banho, sai do computador, agora à meia noite é que fazes os trabalhos, não puseste a mesa, mas vais a casa de quem, o quarto não está arrumado, fala baixo, não trates o teu irmão assim, porque demoraste 2 horas a chegar a casa da escola, eu que não te apanhe de novo no computador, não te disse que podias usar o telemóvel, não grites - e, não sei se já repararam, mas a vida de um carcereiro não é muito diferente de um preso.

11 comments:

j said...

como eu odiava os meus pais quando tinha 13 anos. depois um dia percebi os "um dia vais perceber". devíamos perceber logo.

Prezado said...

Isto tá de volta?
Os putos, é enchê-los de porrada.

Martuxa said...

Pensava eu que seria uma raridade a padecer dessa mesma doença...afinal, não sou a única, ufa! E também feliz que o defeito não é meu ;-) Eles andem aí, prontinhos para nos azukrinarem a pachorra até a incosciência, arre! Criar uma associação ou um grupo de atuto ajuda "Eu tenho uma filha adolescente" não será de todo má idéia :)

Pollykc said...

comigo não havia muita discussão... inteligentemente o meu pai tirava-me a ficha do PC de modo a não conseguir ligá-lo...
"queres ir ao PC?... então faz o que te mando"... e era remédio santo...
na altura ainda por cima, a net era paga ao minuto. podia estar uma hora certinha... se bem que eu esticava bem aquela hora, que no fundo se multiplicavam em quase 3... eu confesso, quando tiver filhos não acredito que vá ter tanta paciência...

Clara said...

j, sem dúvida!

Prezado, não penses que de vez em quando não leva uma chapada. não serve de nada.

Martuxa, quero! Já tinha comentado com uma amiga que era preciso um grupo desses, até porque alguns pais podem ajudar outros a ter maneiras melhores de lidar com os bichos. na pior das hipóteses sentimo-nos mais acompanhados na desgraça.

Clara said...

Pollykc, se o problema fosse só o pc...era só tirá-lo do quarto :)

Patti said...

Pois...e continua, pelo menos, até aos 16...

Pedro said...

não ponhas o cotovelo na mesa
aprendi à minha custa como é um erro que leva a ter epicondilite, e eu tenho nos dois braços, não é brincadeira; passo a vida a dizer-lhe põe os cotovelos na mesa :)
evita a epicondilite, a evitar a todo o custo

Clara said...

pedro, é só às refeições :)

patti, animador, portanto. consolo-me com o facto de só suportar metade da carga, passa metade do mês em casa do pai :)

rosaamarela said...

más noticias:

a minha já passou dos 20 y sigue igual ...
suerte !!!

Olhares said...

Desculpa, mas a vida de esposa também não! Ou talvez os homens sejam adolescentes a vida toda.

pessoas com extremo bom gosto