8.03.2010

need

parece que passou tanto tempo tendo sido apenas ontem que esta música deixou de ter importância. e é sempre assim, não é? passa tudo demasiado rápido tão rápido que nem deixa marcas e poucas memórias somos demasiado velhos para sentir como eramos capazes. a minha volta aqui é um pouco triste. mas não muito porque, como diz o joão, os sentimentos são a coisa mais volátil do mundo.

[em sabática de outro tipo agora].

5 comments:

joão amaro correia said...
This comment has been removed by the author.
joão amaro correia said...

estou a sentir fome. (e sede, de amor).

Maria Inês said...

joão, tens uma promessa a cumprir.

joão amaro correia said...

do i?
qual?

Clara said...

João, isso resolves com um martini e um hamburguer da tua praça.

[que promessa Inês?]

pessoas com extremo bom gosto