4.08.2009

Boycott Oilily



imaginem que vão um dia na rua e vêm fotografias vossas expostas numa montra, à venda. ou que o vosso colega do lado foi ao servidor da empresa e roubou um trabalho que levou semanas a conceber e a concretizar e assinou com o nome dele. ou que alguém copiou textos vossos do blog e os publicou num jornal como sendo dele. bonito, não é? e que, em resposta a um protesto vosso, não só mantinham as coisas à venda, como alegavam "dificuldades financeiras" à laia de justificação. muito bom, não seria?

foi o que a Oilily fez com a Rosa.

a história aqui

1 comment:

verdeervilha said...

juntei-me lá no facebook...

pessoas com extremo bom gosto