4.13.2009

É-me cada vez mais óbvio

o curso que deveria ter tirado era de engenharia informática ou algo do género. Parece-me que poderia escolher qualquer sitio do mundo para viver porque em todo o lado (mesmo no meio das pradarias desertas) é sempre necessário um informático e depois poderia ostentar um título portentoso como consultora de qualquer coisa, palavra que para mim aufere um estatuto superior ao diplomático. É maravilhosa porque pode significar um trabalho imenso e pode em simultâneo não significar absolutamente nada (com todas as suas variantes intermédias).
Considerando a minha absoluta falta de capacidade para lidar com hardware e linhas de código, vi-me obrigada a trocar este meu sonho por um mais viavelzinho: seguir as pisadas desta grande blogger. Não tenho a certeza se mais alguém conseguiria publicar com tanta leveza posts SOS Lisboa ao lado dos da Caras. O meu pequeno blog não chega lá, mas vai-se esforçar.

2 comments:

Visconde de Vila do Conde said...

Clara, isto é um achado!

(obrigado por este magnífico serviço público!)

(aquelas caixas de comentários, virgens, que delícia...)

entremares said...

Donde se conclui que a diferença ( oh, sim... viva a diferença ) continua a ser aquilo que uns blogs têm... e outros não.

Parabéns.

pessoas com extremo bom gosto