1.03.2013

a minha vida

depois de, no dia de Natal, ter levado a filha adolescente a fazer um piercing ela regozija-se por eu a ter autorizado a fazer uma rasta no cabelo.

(como se alguém reparasse que ela tem uma rasta no cabelo).

este desejo de ser diferente/melhor/mais fixe/mais à frente do que os outros há-de sempre dar cabo dos seres humanos.

5 comments:

stantans said...

ui, eu tive rastas durante uns anos (pancas da juventude) e arrependo-me até hoje. o cabelo nunca mais voltou a ser o mesmo :(

Ana Sofia Santos said...

um dia passa

S* said...

Não devíamos ser tão competitivos.

Johnny Guitar said...

Mas também o que os faz andar para a frente.

Tamborim Zim said...

Amei o blog Dona Generosa, obrigada!

pessoas com extremo bom gosto