10.05.2007

Posso repostar?

posso, afinal esta coisa é minha (plo menos até alguém a flagar).

"Em alguns raros momentos de (i)lucidez passa-me pela cabeça que os homens, coitados, têm mesmo uma vida de duras tarefas. Para além de terem que se mostrar uns aos outros extremamente machos, saber de cor o nome de uns 30 ou mais jogadores de futebol (sendo que alguns, oriundos de países longínquos são bem difíceis de pronunciar, quanto mais de decorar), gabarem-se de conquistas (o que na maioria das vezes os obriga a esforços notórios de imaginação e auto-convencimento), manterem tesão mesmo quando estão cheios de problemas (ou alcool), e ainda terem que, para conquistar uma mulher, conseguir manter uma conversa com espécimens femininos que na maioria das vezes lhes demonstra o maior dos desprezos (ainda que fingido e fazendo parte do jogo).
Ao pé disto, as depilações a cera quente umas vezes ao ano e os cremes espalhados duas vezes por dia na cara para manter a pele "jovem" parecem brincadeira de criança.

Uma das coisas mais injustas para eles são os piropos: a maioria das mulheres gosta de receber piropos mas não sob a forma de tiradas pirosas do tipo "magoaste-te muito quando caíste do céu?" e outras que tais, já ouvidas e reouvidas.
Os únicos piropos aceitáveis são aqueles que nunca ouvimos antes ou seja, podemos fingir que acreditamos que aquele foi mesmo inventado para nós e não papagueado 300 vezes antes (e mesmo assim muitas vezes vamos torcer o nariz e fingir que ignoramos, it's all part of the game).

O último que ouvi assim (homens aprendam que eu não duro sempre) foi numa discoteca apinhada, horas avançadas da noite, já no momento do engate puro e duro, um puto com uns bons 10 anos a menos do que eu: "Tens planos para os próximos 20 anos?".
Ainda rendeu umas boas gargalhadas, especialmente no dia seguinte ao fazer a revisão da noite (claro que a ele não lhe rendeu grande coisa).
E ainda teve sorte de só levar com as gargalhadas, porque a resposta da minha miúda pré-pré-pré-pré adolescente seria, segundo ela, "Sim, ser avó, por exemplo!"."

1 comment:

antídoto said...

Lamento desiludir-te, mas essa tem barbas até aos pés : )

pessoas com extremo bom gosto