2.27.2009

Das constatações fúteis

Não me apetece escrever. Isso é óbvio em todos os posts que não publico aqui. Não me apetece escrever e agora encho isto de fotos. Não me apetece escrever e cito o livro que estou a ler. Não me apetece escrever e comento as notícias de última hora do público, os debates desinteressantes da AR, os comportamentos desviantes do PM, a crise, o avião que caiu em Schipol, as conversas redondas do escritório sobre gays e casamentos, as unhas compridas do mindinho do director financeiro. Não me apetece escrever com mais de 140 caracteres, espalhar-me aqui quando é tão mais fácil manter a compostura noutro lado.

Por isso, não escrevo.

4 comments:

(in)confessada said...

até qd n escreves, gosto de vir aqui p te ler

indigente andrajoso said...

então não escrevas... és a presidente da junta do blog

:-)

Vekiki said...

Eu hoje também estou sem saber o que escrever. Quero escrever mas não me sai nada...que seca!

Fulacunda said...

oh mulher, tu és uma maré de contradições ... ou incorporaste esse vício dos bloggers que são capazes dessa utopia de escrever que não lhes apetece escrever?

mas pronto, então não escrevas ... assim

pessoas com extremo bom gosto