2.07.2007

Pronto admito

a muito custo, mas admito.

Há coisas para as quais um homem faz alguma falta: 20 minutos a tentar configurar o Fifa-não-sei-quê para a X-Box porque o mini-homem queria à força jogar àquilo, as equipas que lá ficaram nem sei bem quais foram (ao menos que desse para configurar uns uniformes giros) e ao fim de 2 minutos "isto é uma seca! Vou pôr outro jogo!".
(Delicioso o pormenor da musica dos Tribalistas no pause do jogo).

7 comments:

Anonymous said...

Pois mas isso é qd o "gajo" ainda pesca alguma coisa disso. E se ainda souber menos do que tu?
Difícil, difícil é ter de comprar uma bilha de gás (das antigas de 13Kgs de gás e + 50 de botija!) e depois mudar e depois estar avariada ...isso é que é lindo!!!!!
Bom mas lá conseguiste... eu tb.
Mais mal, mais bem, a vida vai em frente e nós vamos superando esses pequenos "contratempos" (não chegam a ser problemas, como dizia o meu chefe!).
Aliás se vires bem é mais uma maneira de nos superarmos...
Bjks
Mommy

LP said...

:)

Margarida Atheling said...

Para esse tipo de coisas dão mesmo jeito! :)

Beijinhos

Anonymous said...

Clara o comentário não se destina ao teu post, antes ao post anónimo que consta em 1.º lugar. Assim, nada a opôr quanto à superação, mas não posso deixar de sorrir com a situação vivenciada e transposta à laia de comentário:
Data e lugar: Primeiros dias de Dezembro de 1987 - clã feminino em St.º António dos Cavaleiros, pai - fim de semana na Póvoa de Varzim;
Enquadramento: Sábado necessidade de mudar a bilha de gás, ou seja, transportá-la da despensa para a cozinha e colocar o respectivo redutor;
Solução 1: Face à incapacidade efectuar esta tarefa, tecnicamente, arriscada, chamar o vizinho do lado para a executar, o qual também não foi bem sucedido;
Solução 2: Telefonar para a Póvoa de Varzim, reclamando a presença do macho para conclusão da tarefa;
Solução 3: Pouca receptividade para a reclamação referida anteriormente, logo, deslocação de todas para a casa da mãe (com gás de cidade)
Conclusão: VIVA O GÁS NATURAL!!!

AA said...

:)

said...

"Há coisas para as quais um homem faz alguma falta..." !!!
Depois percebi que afinal se tratava de uma (somenos importante) questão tecnológica e, claro, esmoreci

claudia said...

Zé, gostei! Há que encarar o factos.

pessoas com extremo bom gosto