1.07.2008

Um bocado egoísticamente

regozijo-me com a lei que proíbe o fumo em locais fechados. Eu (já) não fumo e, logo, não me apetece levar com o fumo dos outros (sobretudo cigarrilhas e charutos). Há lutas que pura e simplesmente não valem o dispêndio de energia. É provável que se fumasse andasse a protestar e a fazer listinhas de sítios permissivos, não o fazendo parece-me um bocado fútil. Daí que incompreenda quem se empenha em lutar contra estas causas perdidas estando completamente de fora, será talvez falta de outras causas mais válidas pelas quais se baterem.

2 comments:

aNa said...

bem, minha querida Clara, o fim do carrefour é uma coisa bem mais séria do que não se poder fumar em espaços fechados!! :P
olha, eu fumo e não me importo nada com a lei. até fico contente.
bom dia :)

patrícia said...

OLha que estás errada, eu sou fumadora, conheço muitos fumadores, e nenhum está descontente com a lei. Eu só acho excessivo quando esta se aplica aos bares "nocturnos".

pessoas com extremo bom gosto