11.11.2009

love is



James Knight-Smith


do ponto de vista marxisto-patético o amor é um capricho burguês que pode ser contrariado com um reforço ideológico. do ponto de vista anarco-conservador quaisquer 50€ compram isso às 3 da manhã.

[gesto meio patético de agradecimento pela amizade do Jorge - porque eu não sei exprimir sentimentos - obrigada].

3 comments:

Hyndra said...

Nunca tinha ouvido ou melhor...lido uma descrição tão pouco hilariante do amor!

marta said...

e eu que não conheço o Jorge, também agradeço.

marta said...

e eu que não conheço o Jorge, também agradeço.

pessoas com extremo bom gosto