7.30.2007

Das conversas

com o meu (ex)marido:

Ex: Mas acabaste com ele porquê?
Eu: Olha, sei lá, provavelmente por ser ainda a mesma pessoa um bocado má que sempre fui.
Ex: Não digas isso de ti, não és assim.

Acho que ainda o elejo o meu confidente masculino, no dia que o meu amigo-um-bocado-bruto-e-somos-tão-parecidos-que-até-irrita se fartar de me aturar (não te linco porque podes não gostar).

No outro dia quis perguntar se estava tudo bem com a namorada, mas achei que não tinha nada que me meter na vida dele.

9 comments:

Zuza said...

que moderninhos!

Sophie said...

Quem diria, hã?
:)

Miguel said...

Links...Uma vez inseridos o caminho para lá chegar não se desaprende.
É bom que assim seja e importantes são os links no nosso coração.

E afinal (ainda que isso não me diga respeito de todo) acabaste com ele, porquê?!!!
;-)

claudia said...

As boas relações entre exs são óptimas para as crianças, mas fazem um mal terrível aos pais!!

;)

Clara said...

o q claudia?

miguel, ainda hoje estou para descobrir...

patrícia said...

que bom clara, eu espero conseguir um dia comunicar assim com o meu ex

Clara said...

patrícia, reconheço que o mérito foi mais dele.

Filipa said...

eu não queria tanto, já não me importava de conseguir comunicar com o meu ex...
assim, deixar de ficar com vontade de lhe desligar o tlm na cara em 9/10 vezes em que falamos...
;-)

Anonymous said...

eu so gostaria que a mae do meu filhotinho penca-se mais nele um pouco porque quando nos queremos temos tenpo para tudo e muito mais Sergio silva

pessoas com extremo bom gosto