7.02.2007

A uma semana

de acabar o período de clausura. A uma semana de voltar para casa.
Uma amiga disse-me "é o princípio do começo" e, ao mesmo tempo, quero acreditar nisso e tenho medo de acreditar.
Não faço ideia para onde vou e tenho duas pessoas que dependem de mim para tudo. Ao mesmo tempo penso que agora que bati com os pés no fundo da piscina, depois de ter mergulhado de uma prancha mais ou menos alta e trazendo-os de arrasto, o único caminho é para cima. Mas nem isso sei, se bati no fundo ou há ainda mais profundidade na piscina

8 comments:

Xana said...

Mesmo que seja preciso descer mais um bocadinho, depois é para cima na mesma.

Se quiseres, eu estou do lado de lá da água a acenar e a incentivar a subida. (Agora que vens para perto)

Clara said...

:))
Obrigada Xana.

Margarida Atheling said...

Eu acho que já vens na subida. Mas as subidas exigem sempre algum esforço. Sabes que tens de bater os pés, para mais com o peso de mais duas pessoas.
Mas garanto-te que se o peso for demais, mergulho para vos ajudar a trazer para cima!

É uma conversa piegas, sim. Que tu sabes que sou um bocado assim e com o cansaço a coisa manifesta-se ainda mais. Mas também sabes que, para além de piegas, a conversa não é só conversa: é verdadeira.

Bjs!

patrícia said...

Mas consegues subir, nem que tenhas de pedir ajuda a um nadador-salvador
:D (olha uma das caretas de que não gostas)
Boa viagem e boa sorte para a nova fase da vossa vida.

Catarina Campos said...

Ora, toca mazé a fazer as malas. Vai tudo correr bem, vais ver.
Cá te esperamos! :)
Beijos!

Sophie said...

Vai tudo correr bem, pois claro.

Elas, as que estão lá, puxam. Nós, daqui, empurramos (no bom sentido).
:)

Já tens alguma expectativa de emprego?

Leão da Lezíria said...

(A minha cidade vai ficar com melhor ar...)

Sou eu!! said...

Se precisares de ajuda não hesites, tamos cá deste lado para isso mesmo.

Beijinhos cheios de O2.

Rakel

pessoas com extremo bom gosto