11.13.2007

É seguro dizer

que há tantas verdades como pessoas no mundo. Nesta linha de pensamento não há é sequer uma verdade por definição, não passamos de mentirosos, e mesmo que queiramos dizer a verdade, mesmo que pensemos estar a dizer a verdade, essa verdade não é mais do que a nossa verdade e mentira para todos os outros.
Por outro lado, há apenas uma verdade absoluta e incontornável, verdade esta que não está ao alcance de ninguém, por ser impossível a alguém sequer olhá-la sem ser com esses olhos retorcidos e sem qualquer ponta de imparcialidade.
A verdade é assim uma coisa pessoal e intransmissível, tipo BI, palavras sem grande sentido ou firmeza e sobre as quais não vale a pena debruçarmo-nos com grande seriedade.
Será verdade isto? Sim, mas para mim apenas.

Nunca pensei vir a escrever um texto tão idiotamente filosófico.

2 comments:

pal said...

ufa, fiquei sem fôlego.
tenho de reler umas quantas vezes, para ver se acho isto verdadeiro ou uma valente aldrabice.
:p

antídoto said...

E estás melhor?

pessoas com extremo bom gosto