10.20.2010

and if

de repente tudo tudo seja o que for em que tenhamos acreditado deixe de fazer sentido. se tomar banho deixar de fazer sentido. se levantar da cama, escrever uma mensagem no telemóvel, escrever um post, falar com um amigo, ligar a televisão, atender o telefone, sentar na secretária, escolher uma roupa para vestir, decidir um caminho, pagar uma conta, beijar um filho, ligar-te, procurar uma casa, ler uma página de um livro, escrever um mail, tomar um comprimido. se de repente nem fazer sentido fizer sentido?

6 comments:

Vegan Wolf said...

existência livre e anárquica...

a mulher certa said...

só o amor dá sentido a tudo.

Espiral said...

Já passei por isso.

Não há uma resposta genial. Simplesmente aguenta-se o sem sentido e sobrevive-se até quase sem querer alguma coisa começar a fazer sentido ou a deixar de ter. (Porque há diferença entre sem sentido e não fazer sentido)

Good Luck

Clara said...

não não é isso. não é o amor. não é nada disso.

Prezado said...

Nem o sentido fazer sentido, pode ser visto como uma libertação. No lado positivo.

Mas geralmente, não é isso. Questionar demasiado o que fazemos leva-nos a esse vazio. O abstracto.

Clara said...

eu questionei demasiado é isso.

pessoas com extremo bom gosto