12.06.2011

é ler tudo, tudo, homens

As peúgas brancas são obviamente um clássico. Nem que o gajo venha com um blusão da Marlboro ou com um fato do Ermenegildo Zegna (googlai), em olhando para o tornozelo imaculado de branco, está riscado. É como o fato de treino ao fim de semana, mesmo que o gajo vá, de facto, treinar. Não interessa. Que use calções com uma t-shirt, se tiver muito frio, um polar por cima e está a andar.

da Sofia, claro.

6 comments:

du said...

e nem estás a ser muito exigente... só pedes um mínimo de bom senso.

Clara said...

é, não é du,???? [o post n é meu, é da sofia vieira, eu só subscrevo]

Martim said...

a peúga branca é alvo de chacota universal desde o final dos anos 80. Já está praticamente erradicada. Escrever sobre o tema é quase como discutir o flagelo do paludismo em Almada ou a lepra no Cacém. Ok, com um blusão da Marlboro ainda é possível, de facto. Com o chapéu da mesma marca ;)
Vamos jantar para a semana com o Amaro? Chez moi? E mais um garrafa de Trap... you know...

Clara said...

vamos, para a semana estou kids free.

depois conto-te a história da meia branca que inspirou este post da Sofia :)

Martim said...

Que fixe, Clara! Apontamos para terça? Vou para Londres amanhã pelas 7:30 volto domingo. Falamos depois...bjs (desculpa invadir o blog com estes temas de agenda...

Clara said...

terça, vou marcar na agenda :)

o blog é nosso, estamos em casa, podemos invadi-lo como quisermos!

pessoas com extremo bom gosto