11.26.2008

Está deitado do meio das duas

Eu sou tão radical-não-quero-meninos-na-minha-cama-à-noite mas o sono tira-me a genica para ralhar e às vezes acordo com um ou dois na minha cama.
Está no meio das duas e enrola o nosso cabelo, uma madeixa em cada mão, como faria com o próprio caso não o tivesse rapado.
Está no meio e quando acorda diz - linda - e aponta para mim e em seguida diz - linda - e aponta para ela.
Pergunto-lhe se só está a dizer aquilo porque quer que nós gostemos mais dele e ele não nega, ri-se e encolhe-se mais dentro do edredon para que eu não veja que se está a rir.
Encolho os ombros - o teu irmão tem perfil de político - eu que odeio isto nos homens, a dissimulação.
E ela aterrorizada, careta de enjoo - mãe que nojo ele vai falar e só dizer aquelas coisas secantes que ninguém entende, que nojo.
E sei que ela não lê o blog mas são os genes, não enganam, qualquer dia é ela que escreve estes posts e começo a dar razão quando me dizem "igualzinha a si".

3 comments:

nat said...

Excelente :-) Dificil fugir aos genes...muito dificil. Já que abriste os comentarios, aproveito para dizer que adoro o teu blog!

Sophie said...

É um sortudo, esse menino!

via said...

eheheh, o puto, é simpático

pessoas com extremo bom gosto