9.02.2009

Está bem, rendo-me

não posso ver nenhuma mulher vestida de indiana*, adoro, se calhar sou descendente de indianos [a tentar ver traços meus na cara da minha filha, tão bonita, tão indiana - ignorar o facto dela ser descendente de goeses], aquelas cores, aqueles tecidos, bom será que nunca ponha o pé na Índia, se calhar não volto.

para o Paulo.

*não vejo a novela onde há indianas, nem sei em que canal é, também o meu amor pela estética indiana tem os seus limites.

5 comments:

Miss Pu said...

tb sou fascinada por esse País! faço sérios planos de lá ir em Fevereiro ou Março do ano que vem :)

Clara said...

[bem gostava também, mas agora n sei qdo vou poder ir, planos n faço mas vou sonhando :))]

Anonymous said...

Se gostas da India, lê a ana de amsterdam. ela sim, descreve-a como ninguém.... como ninguém.


Mohamed Almeida

Clara said...

leio sempre, Mohamed.

Paulo Abreu e Lima said...

Clara, antes de mais, muito obrigado pela dedicatória ;)

Estive por lá umas 3 vezes em trabalho/lazer. Só quero dizer que não há uma Índia, mas uma miríade delas, todas diferentes; um país gigante com grandes problemas sociais (cujo preceito das castas é a mais conhecida pelo Ocidente) e onde a chamada Bollywood (Bombaím + Hollywood) produz mais filmes actualmente que a própria Hollywood. Pessoalmente, não gosto dos seus filmes, quase todos musicais dobrados em hindu e repleto efeitos especiais, etc.

Quanto às mulheres, há mesmo de tudo, desde as mais bonitas às menos que possas imaginar... Já quanto à indumentária, independentemente das castas, é da mais rica, exótica, cromática e sensual que já vi em toda a minha vida, sem paralelo. E olha que eu sou esquisito... ;)

pessoas com extremo bom gosto