9.15.2009

Ontem começou o novo programa dos Gatos Fedorentos

o que me obrigou a ver televisão [com as interrupções devidas para o veste o pijama já lavaste os dentes ficas sem história vai ver se a mana já lavou os dentes].

Não vi o programa do início mas teve de facto alguma piada até entrar o Sócrates. Depois disso a tensão entre ambos foi mais do que visível, palpável.
Como sempre o PM tinha o guião bem decorado, levava algumas piadas previamente escritas [tiro o meu chapéu aos assessores do PM, têm uma tarefa imensamente complicada] e chegou mesmo a chamar a atenção para a piada em que ninguém se riu oh ricardo, esta agora teve piada não teve? Alguém devia dizer-lhe que a pior coisa que se pode fazer quando ninguém se ri das nossas piadas é chamar a atenção para elas. Mas, claro está, o PM está habituado a que se riam de todas as suas piadas, é algo inerente ao cargo que ocupa.

Tenho lido algumas pessoas que acham "que o homem transpira charme", pois eu também gostava muito de ver isso, mas aquela voz transtorna-me demais.
Um homem charmoso tem de ter uma voz grave, profunda, marcante, carismática. Nada daquilo. Não dá. Mesmo. A sério [isto fora das opções políticas, acho que consigo fazer apreciações isentas, o Luís Amado é muitíssimo charmoso e também é do PS].

Agora giro mesmo foi o debate dos Prós e Contras com os pequenos partidos. Muito divertido. Se toda a política fosse assim não haveria metade da abstenção.

2 comments:

Anonymous said...

Não resisto a deixar aqui a minha opinião: a voz de Sócrates irrita-me tanto, tanto, que nem consigo esperar que ele acabe uma frase...
Só o ouvi nos Gato porque não se pode perder uma única palavra que saia da boca do RAP!

Miguel said...

Governados por um charmoso incompetente e metido em negócios bastante duvidosos...
Parece que 4 anos não chegaram para abrir os olhos a este país...

pessoas com extremo bom gosto