9.04.2007

E também

das coisas que escrevo, nada é aquilo que quero dizer. Das coisas que digo também não.
Grito-me toda por dentro mas calo-me para fora, que nada do que quero dizer é passível de ser ouvido por outros.

6 comments:

said...

"Grito-me toda por dentro mas calo-me para fora, que nada do que quero dizer é passível de ser ouvido por outros."

então e isto é o quê?!

estás a precisar de elogios?, aqui os tens, os meus, e sinceros

catarina campos said...

E os meus. Estás a escrever(-te) cada vez melhor. (mais fundo)

Varanda said...

É, este de gaguez não tem nada. Li em surdina, bonito post.

Xana said...

Percebo.

Leão da Lezíria said...

Eu estou como o Zé e a Catarina. Mas elogios só com um café à frente...

('bora lá?)

Clara said...

bem, se me vai elogiar não resisto, Leão. Vamos.

pessoas com extremo bom gosto