9.06.2007

Muitas vezes

à beira desse precipício fundo onde jazi durante meses ainda não há muito tempo, nessas vezes, oiço por dentro "nunca Deus dá a cruz maior que as costas". Em simultâneo com a voz do meu professor de arquitectura do segundo ano (o arquitecto Nuno Mateus), quando eu protestava por ele me ter mandado reproduzir uma casa do Rem Koolhaas em inúmeras maquetes e plantas, "dou o trabalho conforme a capacidade o aluno". Olhei para a minha colega que ficou com o pavilhão de Barcelona e senti-me de alguma forma recompensada.

3 comments:

Kika said...

Ver as coisas noutra perspectiv, às vezes ajuda, oh se ajuda!
bjs

Zuza said...

a label não devia ser "auto-estima" ou "self-esteem"?

LOL

Pitx said...

ainda assim...

pessoas com extremo bom gosto