6.08.2007

Ah e outra coisa

Ao pensar que tudo aquilo que escrevo aqui posso escrever num bloco(e até mais) sendo que a única diferença é que não recebo feedback, lembro-me dos muitos blogs que não permitem comentários. Qual o objectivo dessa gente? Porque não escrevem reservadamente, privadamente?

12 comments:

Papoila said...

Também me ocorre isso muitas vezes... Se não fosse para dar a possibilidade de outros comentarem, escreveria (apenas) no meu caderninho....
Não compreendo.

Costinhas said...

eu penso o mesmo.

Mas ainda me faz mais confusão os blogs privados sem comentários.

patrícia said...

Podem receber feedback por mail, nos caderninhos não.
Agora essa de blogs privados sem comentários é que me deixou de boca aberta!

Catarina Campos said...

Por uma questão de organização, nada mais. O meu blog demorou seis meses a ter comentários, era apenas um espaço onde eu guardava os textos que escrevia. De outra forma, perco tudo, como perdi dezenas de coisas em cada format, em cada esqueci-me de backup...ok, podia organizar-me melhor nisso, mas é mais fácil ter um blog e fica mais bonito que num documento word. :)

Quanto aos blogs privados sem comentários, até me faz bastante sentido: se forem só para família e amigos, essas pessoas dão o feedback pessoalmente, talvez seja uma forma de dar notícias àquelas pessoas; se forem só para o autor, penso que é só uma maneira de evitar ter o leitor ocasional que lá cai pelas pesquisas: evitar a tal exposição aos olhares desconhecidos.

Clara said...

saudades minha querida, ontem fui até à vossa "ilha" mas como vos vi sozinhos fugi, não queria incomodar.

Se assim optar, terei pena de perder a vossa interacção, seguramente. Talvez possa fazer isso, privatizar, mas é qq coisa que não me faz muito sentido, não sei...

Catarina Campos said...

Ora, que ideia, nunca incomodas! Não reparei! :(((

Costinhas said...

Mas catarina, nos privados não há essas pessoas que lá caem sem mais nem menos, só as a que se dá acesso.

E mesmo que concorde que é uma boa maneira de dar a conhecer as novidades de forma concentrada a família e amigos, justamente por estes serem família e amigos, porquê não permitir comentários de forma geral e só quando dá jeito?

Note-se que embora isto me faça confusão, para mim o que é realmente importante é que cada um seja livre de escolher o que é melhor para si, e se isso for um blog privado sem comentários, então que seja.

Catarina Campos said...

Sim, é verdade, costinhas. Mas (eu vejo por mim), às vezes, fecho os comentários de um determinado post; talvez mais naqueles menos alegres, se calhar prefiro só escrever e que ninguém me diga nada. Mas escrevo...é também uma forma de explicar que não estou grande espingarda, mas já me passa, agora deixem-me sossegada. Ou coisa assim.
Claro que depois comentam no post acima, no abaixo, como eu aqui também já fiz no blog da Clara :D

Clara said...

e como eu já fiz no teu, Catarina, mas de facto só o faço quando é motivo de força maior.

Margarida Atheling said...

Eu também já impedi os comentários em dois ou três posts, pelo mesmo motivo que a Catarina disse.

Mas para mim também não vejo sentido em não permitir comentários, é por isso que nem os anónimos eu evito.
Mas acredito que sim, que hajam pessoas que não queiram mesmo receber comentários porque usam os blogs como podiam usar um caderninho, simplesmente preferem este suporte.
E há outros que lidam mal com a opinião alheia e a receiam. Mas esses coitados...

Bjs!

MC said...

Não concebo os meus blogs sem a possibilidade de comentários. Mesmo que ninguém queira dizer nada, a possibilidade de o fazer está lá. Para mim o blog é comunicação, mensagem ... entre mim e eu, mas também entre mim e os outros.

bj

Anonymous said...

bom comeco

pessoas com extremo bom gosto