6.11.2007

Pelo andar da carruagem

ainda enviuvo antes de me divorciar.

22 comments:

claudia said...

Olha as vantagens...!! (eu no meu pior!!)
:)

Miguel said...

Lol...
Isso parece-me facil...Difícil seria divorciar antes de casar ou enviuvar depois de divorciar.

As vantagens de não alterar muito são o evitar as filas na Loja do cidadão para mudar o B.I. e restantes docs

Clara said...

lol, então Miguel, as filas são as mesmas para mudar os documentos para divorciada ou viuva...

patrícia said...

A tua separação coincidiu com o fecho do teu blog antigo?

Clara said...

não, patrícia. Foi muito posterior.

patrícia said...

não é que eu tenha alguma coisa a ver com isso, estou só a fazer um cálculo rápido e se assim for realmente é de desesperar

Clara said...

Oh mas n tenho problemas nenhuns em dizer, na prática separada mesmo desde Novembro (em teoria desde Março do ano passado).

patrícia said...

Ainda bem, que fiquei com medo de ser "incómoda". Escrevi a pergunta sem pensar.
Mas ainda assim é muito tempo realmente.

Costinhas said...

E qual é a sigla dos viúvos no BI? VIU?

Eu arrepio-me com o DIV (faz-me lembrar as matemáticas) e CAS lembra-me os sumos...

Não há dúvidas que o melhorzinho é mesmo o SOL :p

Clara said...

Div a mim faz-me lembrar (claro) a tag de posicionamento no html.

Viu, é lindo, tipo brasileiro "viu? 'cê tá vendo?"

Sol é do melhor, mas uma vez abdicado não dá para voltar a ele.

LP said...

Conheço (MUITO BEM) um casal que se divorciou 25 anos depois. Ele diz que assim evitou casar-se mais uma série de vezes...

Papoila said...

Eu não sei o que é que na prática importa o DIV no BI. Ou se é casado, ou solteiro! Tudo o resto são tretas...

Clara said...

Liliana, sabes, esse é o argumento do meu marido (e aos poucos vou concordando com ele, por isso é que escrevi este post) para quê divorciar-nos se ele não vai voltar a casar?
No fundo já é um bocado isso, se algum dia (não me parece, mas vá) me quiser voltar a casar, aí peço o divórcio. Até lá, ser casada soa sempre melhor do que divorciada e até fica melhor no Curriculm.

patrícia said...

Mas ficas ali com um laço que não te deixa afastar muito dele. Não sei,mas o facto de os papeis dizerem que ainda sou casada não me deixa pensar que já não sou. E eu sei que é uma patetice, que não são os papeis que obrigavam a alguma coisa, mas parece-me estranho.

Clara said...

patrícia...o laço vou tê-lo para sempre mas por causa dos meus filhos, não pelo papel. De resto mais afastados do que estamos agora, olha se calhar só quando ainda estávamos casados mesmo.

patrícia said...

eu também tenho um filho,mas não é por ele que me sinto "obrigada" a dar satisfações, mas enquanto o papel disser que ele ainda é meu marido vou ter uns certos problemas. E volto a dizer que tenho consciência da estupidez disto, mas não consigo controlar a sensação. Embora também deva estar relacionado com o facto da "situação" ser recente. Bem,não interessa, não roubo mais tempo de antena por aqui.

Clara said...

satisfações? pois mas é que isso nem nunca fiz, nem casada nem separada. Nem ele...na verdade não estamos nada interessados na vida um do outro.
Patrícia, a única coisa que te posso dizer é que à medida que o tempo vai passando tudo vai ganhando uma distância enorme, até chegar o dia em que mal se lembram que alguma vez estiveram juntos (mas isso é um bocado óbvio).

florbola said...

E agora mais uma posta de pescada..LOL.

Eu não sou nem solteira nam casada, tenho "namorido" à 10 anos.
Mas sinceramente se fosse casada e me separá-sse preferia o estado DIV. Acho que não queria estar ainda "casada". Acho que isso me fazia alguma confusão e preferia "arrumar" bem as coisas.
Não sei se me fiz entender...

Clara said...

florbola, eu se tivesse namorido há 10 anos preferia ser casada do que solteira , uma questão de arrumação das coisas. Sei que me fiz entender ;)

claudia said...

ahahah!!

e quando se tem um namoridex??!! Então aí é que não há possibilidade de "arrumar" o que quer que seja!!

Clara said...

claudia, namoridex? ex-namorido? é-se solteiríssima, arrumadíssima, maravilhosa e pronta para (muitas) outras se for caso disso.
É a mesma coisa do que ter um marido que é como se fosse ex e não chateia (ponto positivo para ele? a coisa vai).

claudia said...

Oh, Clarinha!! Obrigada pelos superlativos!! (Começo a gostar muito de ti)

;)

pessoas com extremo bom gosto